O Lugar que devemos estar…

Moriah : מריה

  • Lugar que Deus vê

Passado algum tempo, Deus pôs Abraão à prova, dizendo-lhe: “Abraão! ” Ele respondeu: “Eis-me aqui”. Então disse Deus: “Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que lhe indicarei”. Gênesis 22:1-2

Moriá, o lugar que Deus vê.Monte Moriá

Sabemos que Deus é soberano e não precisa de ninguém para se mover, mas Ele escolheu contar com o homem para realizar o seu plano. E foi em Abraão que ele encontrou um coração disponível. Vemos neste homem um exemplo de disponibilidade e renuncia a fim de realizar os planos de Deus.

Abraão ouviu o chamado de Deus e ele prontamente disse: Eis-me aqui! E ao receber a ordem, ele não poupou o seu único filho.

Na manhã seguinte, Abraão levantou-se e preparou o seu jumento. Levou consigo dois de seus servos e Isaque seu filho. Depois de cortar lenha para o holocausto, partiu em direção ao lugar que Deus lhe havia indicado. No terceiro dia de viagem, Abraão olhou e viu o lugar ao longe. Gênesis 22:3-4

Quando estamos caminhando em obediência a Deus, não nos encontramos perdidos ou atordoados, pois somos direcionados ao lugar  que devemos estar.

Disse ele a seus servos: “Fiquem aqui com o jumento enquanto eu e o rapaz vamos até lá. Depois de adorarmos, voltaremos“.  Abraão pegou a lenha para o holocausto e a colocou nos ombros de seu filho Isaque, e ele mesmo levou as brasas para o fogo, e a faca. E caminhando os dois juntos, Isaque disse a seu pai Abraão: “Meu pai! ” “Sim, meu filho”, respondeu Abraão. Isaque perguntou: “As brasas e a lenha estão aqui, mas onde está o cordeiro para o holocausto?  “Respondeu Abraão: “Deus mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho”. E os dois continuaram a caminhar juntos. Gênesis 22:5-8

Abraão em todo tempo cria que se sacrificasse Isaque, Deus o ressuscitaria.

[Pela fé ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado; sim, aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito. Sendo-lhe dito: Em Isaque será chamada a tua descendência, considerou que Deus era poderoso para até dentre os mortos o ressuscitar. Hebreus 11:18]

Quando estamos no “lugar” onde Deus nos designou, a nossa fé não vacila. Mas ela nos leva a ver além das circunstâncias, além dos que os olhos podem ver. Abraão, mesmo estando no “lugar do sacrifício”, ele creu. Ele sabia que Deus proveria para si o cordeiro, e que as promessas do Senhor não seriam abaladas por circunstância alguma.

Quando chegaram ao lugar que Deus lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha. Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho. Mas o Anjo do Senhor o chamou do céu: “Abraão! Abraão! ” “Eis-me aqui”, respondeu ele. “Não toque no rapaz”, disse o Anjo. “Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho. ” Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho. Abraão deu àquele lugar o nome de “O Senhor proverá”. Por isso até hoje se diz: “No monte do Senhor se proverá”. Gênesis 22:9-14

Abraão estava no “lugar”, e foi no “lugar” que ele recebeu a aprovação do Deus Altíssimo e experimentou da fidelidade de Deus. Ele não precisou sacrificar o seu único filho. Nós sabemos que este papel quem cumpriu foi o próprio Deus!

[Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16]

Pela segunda vez o Anjo do Senhor chamou do céu a Abraão e disse: “Juro por mim mesmo”, declara o Senhor, “que por ter feito o que fez, não me negando seu filho, o seu único filho, esteja certo de que o abençoarei e farei seus descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e como a areia das praias do mar. Sua descendência conquistará as cidades dos que lhe forem inimigos e, por meio dela, todos povos da terra serão abençoados, porque você me obedeceu“. Gênesis 22:15-18

Moriá, lugar de sacrifício, renúncia e obediência. Este é o lugar em que Deus quer que eu e você estejamos.

 Cíntia Silveira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s